terça-feira, 24 de agosto de 2010

Joalheria Contemporânea Peruana



As riquezas tanto em objetos como em matéria prima, fazem parte das lendas que enriquecem a história do Peru.
Os primeiros europeus que chegaram às Américas estavam mais preocupados em conquistar territórios e catequizar do que entender o significado real dos tesouros encontrados.
Os objetos de ouro, prata e cobre eram considerados apenas peças de metais.
No mundo andino, a beleza e a durabilidade, transferiam ao metal um valor quase divino e serviu para definir de maneira poética a religiosidade e a própria visão sócio-cultural desse povo.
A mais antiga peça de ouro encontrada na América do Sul, um colar de ouro datado de 4 mil anos, corresponde à cultura Chavin (1.000 aC), posteriormente peças de valores inestimáveis foram encontradas em áreas de Chancay, Paracas e Cusco, bem como belas obras de culturas Mochica, Chimu e Lambayeque.
Nos últimos anos, foi encontrado o famoso Royal Tombs do Senhor de Sipán, pertencente à cultura Moche (SS.VII a XIII), cujas vestimentas e ornamentos de ouro utilizam técnicas muito avançadas para seu tempo.
A abundância de minerais e pedras preciosas no Peru, tornou possível o desenvolvimento do trabalho criativo com metal desde a Antiguide.

O Peru

Situado ao oeste da América do Sul o Peru faz fronteira com Equador,Colômbia, Brasil, Bolívia e Chile.
O país se distingue por ter 3 regiões: oeste, onde estão as planícies do litoral, ao largo do Oceano Pacífico, no centro a cordilheira dos Andes onde podemos encontrar montanhas que ascendem a mais de 4.000 metros e finalmente a leste, a região Amazônica que abarca mais da metade do país. Lima é a capital do país e seu principal centro
econômico.
País mítico dos incas na qual podemos encontrar ruínas muito antigas como Machu Pichu. Peru é uma terra com muita riqueza natural e cultural.
Peru é um país que tem numerosos recursos mineiros, especialmente prata e cobre. Devido a expansão da construção e exploração mineira, a economia do Peru é hoje uma das mais dinâmicas da América Latina e teve um crescimento considerável durante os cindo últimos anos.
A agricultura representa 10% do PIB do país e aproximadamente um terço da população trabalha nesta atividade Os principais produtos agrícolas são: algodão, cana de açúcar, café, trigo, arroz, milho e cevada. É um país muito aberto ao comércio internacional, membro da OMC e da CEAP (Cooperação Econômica pelo Ásia Pacífico).

O Design como fator de desenvolvimento

Quinto produtor mundial de ouro, segundo de prata, terceiro de cobre e zinco e quarto de chumbo, o Peru produziu 175 toneladas de ouro em 2008, dos quais 63% provém de duas províncias do norte do Peru, Cajamarca e La Libertad.
O ouro no Peru cresceu 21% desde 2001 e 3%,desde 2007.
A grande preocupação do governo peruano era deixar de ser um fornecedor de matéria-prima. Era preciso capacitar o mercado joalheiro,e o caminho era investir no design.
Atualmente, o design se destaca como um dos principais fatores para o sucesso de uma empresa, desde o desenvolvimento de produtos e serviços até sua comercialização, por meio da otimização de custos, embalagens, material promocional, padrões estéticos, identidade visual, adequação de materiais,fabricação e ergonomia.
Além disso, também é um fator essencial de estratégia de planejamento, produção e marketing.
O design tem também uma enorme importância na gestão. Valorizar o design é
garantir competitividade ao produto e desenvolvimento à empresa, desde que
realizado por profissionais experientes, que saibam adequar recursos da empresa,
necessidades do mercado e metas a serem alcançadas.
Vencendo a batalha da inovação e da diferenciação, o design cria uma personalidade capaz de conquistar a fidelidade do consumidor e com isso criar uma industria joalheira com identidade própria.

A joalheria contemporânea peruana

Com tantos recursos minerais, os setores, público e privado, uniram forças para converter o Peru em um centro produtor de jóias. Era preciso capacitar o joalheiro para criar maior valor agregado aos metais e gerar trabalho.
Um exemplo desse esforço foi a criação em 2004, do Centro de inovação tecnológica de joalheria CITE Koriwasi. Ensinando joalheria, design e fundição, a Koriwasi já capacitou 260 joalheiros. 32 novos ateliers foram abertos gerando 89 novos empregos.
Em 2009, o CITE Koriwasi foi responsável pela criação e realização do maior congresso de joalheria realizado na America do Sul na cidade de Cajamarca. O congresso teve a participação de 575 joalheiros do Peru, Colômbia, Bolívia, Argentina, México, Brasil e Espanha.
Novos joalheiros peruanos começam e despontar no cenário internacional.
O ouro e a prata aliados a história e ao design peruano começam a encantar e seduzir novos mercados. Os metais com o trabalho dos joalheiros peruanos criam novas oportunidades de trabalho e desenvolvimento.

Um comentário:

  1. Vendo e troco jóias de prata, aceito até quebradas, caso tenha interesse entre no meu blog.

    Grata

    Silmara
    11 9449-4793
    http://lojinhadasil.blogspot.com
    silgravina@hotmail.com
    http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_91348888_DisplayType_G

    ResponderExcluir